terça-feira, 13 de março de 2012

Sugestões de jogos e brincadeiras

           Os Jogos e brincadeiras visa trabalhar de uma forma lúdica e de vivência, estimulando o Raciocínio Lógico, a criatividade, auxiliando as crianças no processo de construção do conhecimento.
           Tendo em vista que, o jogo não pode ser visto apenas como divertimento ou brincadeira para desgastar energia, pois ele favorece os desenvolvimentos físicos, cognitivos, afetivos e principalmente a interação e o respeito pelos amigos.  
A tradição das brincadeiras tem ultrapassado gerações e gerações, espalhando-se por diferentes culturas e países. Sem sobra de dúvidas é necessária uma verdadeira cruzada em favor de um resgate dos jogos da cultura popular, pois eles estão em extinção.5

Na escola, esse resgate pode ser feito, no mínimo, de cinco formas: (1) nas aulas de educação física, que precisam urgentemente abranger a recreação; (2) em gincanas, as quais deveriam ser muito mais frequentes (uma ideia excelente é criar "Sextas-Feiras Recreativas", que consiste em desenvolver mini-gincanas todas as sextas); (3) entregar manuais com 10 ou 20 brincadeiras para cada aluno, para que eles brinquem com os amigos e familiares; (4) ensinar os alunos a fabricarem seus próprios brinquedos, nas aulas de Artes; e (5) abrir a escola no turno oposto ao das aulas e aos finais de semana, para que as crianças tenham onde brincar diariamente. As Igrejas e organizações que desenvolvem atividades com crianças também podem fazer a sua parte, assim como os pais, contribuindo para que seus filhos tenham uma infância mais feliz. Outra ideia interessante é exigir na prefeitura do município um policiamento fixo em locais como parques, praças e ruas, para que as crianças possam brincar livres diariamente nesses locais, sem riscos de acidente, violência ou abordagens perigosas, entre outras ações que visem a garantia de uma infância saudável e digna de ser vivida, e lembrada.

Objetivo Geral
Proporcionar as crianças a oportunidades de ampliar seus conhecimentos através de atividades lúdicas interativas e de vivência.
Objetivos Específicos

Desenvolver nas crianças as capacidades e oportunidades de:
Praticar, escolher, preservar, imitar, imaginar, dominar, adquirir competência e confiança e autonomia; 
Adquirir novos conhecimentos, habilidades pensamentos lógicos;

¡Comunicar, questionar, interagir com os outros e ser parte de uma experiência social mais ampla em que a flexibilidade, a tolerância e a autodisciplina são vitais;
Conhecer e valorizar a si mesmo e as próprias forças, e entender as limitações pessoais;
žSer ativo dentro de um ambiente seguro que encoraje e consolide o desenvolvimento de normas e valores sociais.
Promover a socialização e o respeito mútuo entre as crianças.
 Reforçar a importância do brincar. 
As aulas transformam-se em brincadeiras significativas, que possibilitarão as crianças construírem e conhecerem cada vez mais a si, a seus colegas, e ao meio no qual estão inseridas. 

Conteúdos (Opções de Jogos)
Quebra - cabeça com figuras,
Dominó das letras,
Jogo da memória com alimentos,
Boliche;
žPeãozinho;
žProdução de massinha;
Brincando com quebra-cabeça de madeira. 


Brincadeiras dirigidas com regras simples
Cobra - cega;
Andar de trem;
Batata quente
Põe a mão na cabeça (musica da raposa); 
žVamos passear (jogo simbólico);                        
žDança da cadeira;
žDança com bexigas.
Recursos Utilizados
Cartolina, papelão, canetinhas, tinta guache, cola, farinha de trigo, palitos de sorvete, revistas, folhetos de supermercados entre outros.

Sugestões de Jogos

1)- Quebra - cabeça com figuras

Objetivo: 

Estimular a atenção, concentração e a capacidade de análise e síntese visual.
2)- Dominó dos números e quantidades

Objetivo
Familiarizar as crianças com os números e suas respectivas quantidades, promovendo a discriminação e a comparação das diferenças; Desenvolver a concentração.

3)- Jogo da memória com frutas

Objetivo
Desenvolver o raciocínio lógico, atenção, concentração, a memorização e principalmente a capacidade de observação. 

4)- Boliche

Objetivo:
Desenvolver noções  de quantidade e seqüência numérica. 

5)- Piãozinho

Objetivo
Desenvolver a concentração e a coordenação motora. 



1) ALONGAMENTO E AQUECIMENTO
Reserve 10 minutos para praticar exercícios de alongamento e aquecimento com a sua equipe. É muito importante!

2) BOLEADO
Dois times distribuídos em dois campos. Cada time tem um líder. O líder jogará a bola para o campo adversário, tentando balear alguém. Imediatamente, o outro líder pega a bola e faz o mesmo. O líder que bolear, dirá: "boleei fulano". Quem for baleado, sai do jogo. Se o líder for baleado, ele é substituído. Os jogadores vão sendo eliminados até sobrarem apenas dois. Ganha quem balear o último adversário, dando a vitória para a sua equipe.

3) GARRAFAL
Idêntico ao boleado. Porém, ninguém pode correr e não líderes. Todos terão embaixo de suas pernas uma garrafa peti e, de pernas abertas, deverão proteger a sua garrafa. Quem deixar a garrafa cair, sai fora. Os jogadores vão sendo eliminados até sobrar apenas dois. Ganha quem derrubar a garrafa do último adversário, dando a vitória para a sua equipe.

4) BANDEIRINHA ARRIOU
Jogam dois grupos, cada um com seu campo e sua bandeirinha. No fundo de cada campo, coloque a "bandeira" do time, que pode ser qualquer objeto. O jogo começa quando alguém diz "bandeirinha arriou". O Objetivo é roubar a bandeira do time adversário e trazer para o seu campo. Mas o jogador que entrar no campo do time adversário e for tocado por alguém fica preso no lugar. pode sair se for "salvo" por alguém do seu próprio time. Ganha o time que capturar a bandeira adversária mais vezes.



TRABALHANDO COM O LÚDICO!

1)- Cobra-cega 

Objetivo
Estimular o desenvolvimento da percepção tátil. 


2)- Andar de trem;

Objetivo

 Contribuir para a socialização e a integração das crianças enquanto brincam.
Contribuir para o desenvolvimento
da linguagem;
Contribuir para o desenvolvimento da expressão corporal.
3)- Corre cotia

Objetivo
Desenvolver a praxe global (coordenação motora) e agilidade corporal.

4)- Batata quente

Objetivos
Contribuir para a socialização das crianças;
 Desenvolver a atenção e a agilidade enquanto    brincam.

5)- Põe a mão na cabeça (musica da raposa)

Objetivo
Contribuir para o desenvolvimento corporal identificando as partes do corpo;
Contribuir para a socialização das crianças e para o desenvolvimento da linguagem enquanto cantam a música.
6)- Vamos passear (jogo simbólico).

Objetivo
Desenvolver da imaginação e da fantasia, assimilação da realidade ao "eu". 
7)- Produção de massinha

Objetivo

Desenvolver a criatividade e a coordenação motora.



Dinâmicas para Crianças 5

1. CACHORRO E GATO CEGO
IDADE: 7 anos
OBJ. ESP.: Audição, atenção
MATERIAL: Lenços
LOCAL: Sala, quadra, pátio
FORMAÇÃO: círculos
ORGANIZAÇÃO: alunos em círculos que irão dois para o centro; um será o cachorro e outro o gato. Veda-se os olhos de ambos
EXECUÇÃO: toda vez que o cachorro latir o gato miará e o cachorro tentará pegá-lo. Se conseguir, irão outros ao centro.

2. QUAL O PERFUME?
IDADE:  9 anos em diante
SEXO: Ambos
OBJ. ESP.: Desenvolver o olfato
MATERIAL: Frutas, perfumes, loções, etc
FORMAÇÃO: círculos
ORGANIZAÇÃO: alunos em círculos, sendo que um irá para o centro com olhos vendados
EXECUÇÃO: o professor dará ao alunos do centro para cheirar o perfume e dirá: - deverás reconhecer este aroma entre outros que vou te dar. Em seguida dará alvejante, etc... Este deverá identificar, entre outros qual foi o primeiro, etc.

3. TOCAR O CEGO
IDADE: Todas
OBJ. ESP.: Desenvolvimento perspectivo
LOCAL: Ar livre, salão
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: alunos sentados em círculo. Ao centro, um colega de olhos vendados
EXEC.: um colega do círculo se levantará, tocará o ceguinho e se sentará novamente. Pelos movimentos feitos, o cego tentará adivinhar quem o tocou.

4. COM QUEM ESTARÁ A BOLA?
IDADE:  9 anos
OBJ. ESP.: Atenção, perspicácia
MATERIAL: Bola
LOCAL: Pátio, gramado
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: alunos em círculo, pernas cruzadas, um aluno sentado no centro com olhos vendados
EXECUÇÃO: os companheiros passam a bola entre si e ao sinal do professor coloca as mãos para trás escondendo a bola. O aluno que está no centro, abre os olhos e aponta aquele que imagina estar com a bola. Se errar repete o jogo.

5. GARRAFA MÁGICA
IDADE:  8 anos em diante
OBJ. ESP.: Desenvolver a imaginação
MATERIAL: Uma garrafa
LOCAL: Sala, pátio
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: os alunos em círculo, o professor no centro
EXECUÇÃO: o professor gira a garrafa no solo e quando esta parar apontará na direção de um aluno. Este deverá ir para o centro e executar uma tarefa determinada pela turma ou professor.

6. COMER A MAÇÃ
IDADE: 9 anos em diante
OBJ. ESP.: Controle Emocional
MATERIAL: Maçã
LOCAL: Quadra, pátio
FORMAÇÃO: fileiras
ORGANIZAÇÃO: em fileiras, tendo na frente das mesmas, maças penduradas
EXECUÇÃO: ao sinal procurar morder a maçã que lhe corresponde, sem segurá-la, dentro de um tempo determinado. Vencerá a fileira que obtiver maior número de pontos, por mordida, ou que morder a maçã primeiro, ou ainda o que comer a maçã primeiro.

7. O CACHORRO E O OSSO
IDADE:  7 anos
OBJ. ESP.: Atenção, audição
MATERIAL: Qualquer objeto
LOCAL: pátio, gramado
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: os alunos em círculos. Um sentado ao centro tendo olhos vendados, que será o cachorro. Perto de si haverá um objeto “o osso”
EXECUÇÃO: dado o sinal, o professor indicará um dos alunos no círculo que tentará cautelosamente pegar o osso. Percebendo o ruído, o cachorro latirá e indicará o lado do ruído. Ao acertar a direção o professor indicará outro aluno. Se um conseguir e não for adivinhado se tira as vendas e tenta adivinhar.

8. O MICO
IDADE:  7 anos em diante
OBJ. ESP.: Atenção, agilidade
MATERIAL: Bolas
LOCAL: Quadra, gramado, pátio
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: em círculo, ficando dois alunos que se defrontam, de posse de uma bola. Uma bola será designada “MICO”
EXECUÇÃO: ao sinal de início, os alunos que tem a bola passam-na ao colega da esquerda, o qual rapidamente faz o mesmo e assim sucessivamente. As bolas são passadas, o objetivo é fazer com que uma bola alcance a outra, isto é, que o “mico” seja apanhado sendo que todos evitam que isto aconteça em suas mãos. Quem deixar cais a bola deve recuperá-la sozinho e voltar ao seu lugar para recomeçar a passá-la. Cada vez que o mico é apanhado interrompes-se a brincadeira e o aluno que permitir ficará no centro até ser substituído.

9. ESTALINHO
OBJ. ESP.: Coordenação motora, ritmo, atenção
LOCAL: Ar livre e sala
FORMAÇÃO: círculo
ORGANIZAÇÃO: alunos numerados seguidamente formando um círculo na posição “sentados”. Todos iniciam o jogo batendo duas vezes e estalando os dedos uma vez na mão direita e outra esquerda.
EXECUÇÃO: um aluno ao estalar os dedos da mão direita diz seu número e ao estalar da mão esquerda, chama um número correspondente, a um companheiro. Aquele que for chamado continuará o jogo dizendo o seu número e chamando outro. Quem errar e quem chamar o número que já saiu, também irá sair.


Avaliação

O brincar é de suma importância no desenvolvimento infantil por este motivo é importante desenvolver um projeto focado em jogos e brincadeiras.
Em todas as aulas as crianças devem ser convidadas a sentarem-se na roda de conversa, onde se discute sobre os mais variados assuntos (final de semana, meu brinquedo favorito, minha família, os combinados, a chamada entre outros); em seqüência apresenta-se à proposta, falando sobre o projeto e a atividade a ser trabalhada no dia vigente. 

Daqui a cem anos, não importará o tipo de carro que dirigi, o tipo de casa em que morei, quanto tinha depositado no banco, nem que roupas vesti.
Mas o mundo pode ser um pouco melhor porque eu fui importante na vida de uma criança"     ( Anônimo)
"Daqui há vários anos não me lembrarei mais do passado, com quem andei, o que comi, que roupa vesti, o sapato que usei. A única coisa que tenho certeza é que fiz de tudo para ser importante na vida de uma criança. Crendo que dooei um pouquinho de mim e levarei comigo a certeza de que recebi muiito mais delas. ACIMA DE TUDO O AMOR!"
Amanda Patrícia


Fontes:
  •      Parte desse material foi extraído do nosso encontro da Semana Pedagógica relacionada a Inclusão, Direito à Diversidade em Porangatu (Coordenação de Educação Inclusiva) em formato de slides.
  •         Domínio Público (Almanaque de Brincadeiras Dinâmicas: Eliseu de Oliveira Cunha, Disponível para dawnload) http://brincadeirasderua.zip.net/ 
  •         Mattos, Elizete de Lourdes - Brincando e aprendendo -Brincadeiras de roda; Atividades lúdicas para alfabetizar.
  •        Brandão, Heliana - O livro dos jogos e das brincadeiras para todas idades - Ed. Leitura.
  •        Revista nova escola - ano XXI nº 18 dezembro 2006 ed. Abril.
  •        http://www.projetospedagogicosdinamicos.com/projeto_jogos.html / Artigo de Andreia Cecilia Nascimento Mello - Pedagoga


 

2 comentários: